quarta-feira, 21 de julho de 2010

Plano Conjunto Português


Energia e Comunicação... Plano Conjunto

Um comentário:

epee disse...

Qualquer que seja a fotografia, à sua criação é indispensável que se tenha uma definição sobre a posição de seus elementos, 'quem é quem, onde e em que tempo'.

DiVerso, em "Plano Conjunto Português", contextualiza a fotografia sob três planos: um sujeito, um objeto e um predicado. Forma-se então a 'paisagem linguística'.

No assunto principal [primeiro plano] a cena na cor negra sugere a negação da imagem, o recorte o segundo plano fortalece a ideia anterior. É DiVerso. E é DiMagem na peculiar maneira de mostrá-la [terceiro plano].

Se 'fios clandestinos' ou 'uma janela para o céu'... não importa. O que importa é a arte que se faz através do recorte de uma realidade na intenção propositada de se criar outra realidade, que resulta numa imagem completamente diferente do que estava sendo visto, permitindo um 'outro' olhar, uma outra 'arte'.




|@
É importante ver, com os dois olhos, os dois lados para mudar uma única realidade, a que temos. [Betinho]